Siga nossas redes

Análise

Morning Call: tendência de baixa no Ibovespa; Banco Central Europeu no foco

Os principais fatos que podem impactar os mercados hoje e uma breve análise do índice Bovespa.

Publicado

em

Cenário global e bolsa de valores 

Hoje, no exterior, os mercados aguardam a decisão de política monetária do Banco Central Europeu (8h45) que pode iniciar a retirada gradual do estímulo através da recompra de títulos (Programa de Compra de Emergência da Pandemia) atualmente em 80 bilhões de euros, mas estimativas apontam que pode cair para 60 bilhões de euros. Em clima de cautela, as bolsas europeias recuam pelo terceiro dia consecutivo, e além disso, a China volta a se posicionar sobre as novas medidas em relação às grandes empresas de tecnologia, com representantes da área de jogos online convocados por autoridades que querem checar se eles estão cumprindo as novas regras para o setor, como por exemplo, normas que proíbem menores de 18 anos de jogar videogame por mais de três horas por semana, dentre outras. A questão aqui não é julgar se determinada medida é correta ou não, mas mostrar a desconfiança que gera no ambiente de negociação com a segunda maior economia do mundo e até onde ela pode ir em sua política intervencionista, prejudicando diretamente o comércio global. 

Com isso, as bolsas europeias atingiram uma mínima em três semanas nesta quinta-feira, acompanhando as perdas das ações asiáticas em meio a temores de desaceleração do crescimento global. Depois de atingir máximas recordes em meados de agosto, o índice europeu STOXX 600 passa por um momento de correção do seu topo histórico, natural até aqui, mas motivado pelos receios sobre a rápida disseminação da variante Delta do coronavírus, desaceleração da recuperação e retirada do estímulo dos principais bancos centrais que preocupam os investidores.

O contrato futuro do S&P 500 caía 0,25%, a 4.501 pontos; O índice pan-europeu STOXX 600 tinha queda de 0,38%, a 466,07 pontos; O petróleo tipo Brent em Londres avançava 0,32%, a 72,83 dólares por barril; Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,57%, a 30.008 pontos; Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,30%, a 25.716 pontos; Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,49%, a 3.693 pontos.

Cenário no Brasil 

Aqui, teremos um dos dados mais importantes do mês, o IPCA de agosto (9h), com projeção de acomodação na comparação mensal, enquanto a explosão da curva de juros desafia o Tesouro no leilão dos títulos prefixados e após a forte reação negativa dos ativos, qualquer alívio hoje será temporário. A crise político-institucional não dá sinais de acomodação, o Congresso foi fraco em sua mensagem de apontar uma solução mais firme e tranquilizar o investidor depois das manifestações e fontes consultadas pela Reuters disseram que o Senado, que já vinha ensaiando um movimento antibolsonarista com a CPI da Covid e a rejeição da MP de programa de empregos, deve seguir essa tendência e se configurar como uma trincheira contra o governo, prejudicando a agenda de reformas e pautas importantes para o país. O feriado de sete de setembro abriu a temporada de instabilidade no Brasil e apertem os cintos, pois será assim até as eleições de 2022. 

Ibovespa

O Ibovespa despencou quase 4% na quarta-feira, a maior queda diária em seis meses, refletindo preocupações com a pauta econômica do país diante do aumento da tensão político-institucional, após declarações do presidente Jair Bolsonaro durante manifestações no Dia da Independência. O IBOV caiu 3,78%, a 113.412,84 pontos, com volume financeiro acima da média (R$ 36,9 bilhões). O IBOV entrou em uma tendência de baixa no longo prazo ao cruzar abaixo da média móvel de 200 períodos, porém um movimento de queda no curto prazo já foi consolidado, após encontrar grandes dificuldades de seguir acima dos 130 mil pontos, em seguida romper abaixo dos 124 mil, 120 mil pontos e por último os 115 mil pontos, além disso segue se afastando abaixo da média móvel curta (21 períodos).

Indicadores econômicos e eventos
Fipe: IPC da 1ª quadrissemana de setembro (5h)
Alemanha: BCE divulga decisão de política monetária (8h45)
IBGE: IPCA em agosto (9h)
IBGE: Pesquisa Industrial Mensal Regional de julho (9h)
Bruno Funchal participa da sessão na CCJ da Câmara sobre a PEC dos precatórios (9h)
Alemanha: Presidente do BCE, Christine Lagarde, concede entrevista coletiva após reunião de política monetária (9h30)
EUA / Dpto Trabalho: Pedidos de auxílio-desemprego até a semana 04/09 (9h30)
Alemanha: BCE divulga projeções macroeconômicas para a zona do euro (10h30)
Tesouro faz leilão tradicional de LFT, NTN-F e LTN (11h)
EUA / DoE: Estoques de petróleo da semana até 03/09 (12h)

Quer ganhar dinheiro com aluguéis e sem taxa de corretagem? Invista em Fundos de Investimento Imobiliários

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.