Siga nossas redes

Claudia Kodja

Como acumular R$ 1 milhão no ‘mundo real’?

Para acumular dinheiro é preciso estar disposto a guardar parte do que se ganha e entender que cada trocado investido faz uma grande diferença.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 4 minutos

Em meio às rápidas e acentuadas mudanças da política monetária e ao assédio do mercado em torno de novas posições de investimento, vale a pena relembrarmos alguns conceitos básicos sobre acumulação financeira.

O objetivo é, tanto aos que desejam iniciar os seus investimentos quanto aos que detêm poucos recursos, dar bases invariáveis para o desenvolvimento do seu patrimônio e a edificação do primeiro grau de riqueza.

Investir dinheiro já foi um privilégio para poucos e um assunto complicado. Hoje em dia, investir se tornou mais simples e acessível para todos, mesmo para aqueles que dispõem de pouco capital.

As chaves para se tornar um investidor e construir o seu patrimônio não se baseiam na quantidade de risco que se está disposto a correr, mas no desenvolvimento de dois bons hábitos:

  1. Economizar dinheiro regularmente;
  2. Verificar periodicamente as suas despesas, eliminando os gastos desnecessários.

E quanto tempo vou precisar para acumular R$ 1 milhão?

O fato é que para acumular dinheiro é preciso estar disposto a guardar parte do que se ganha. Sendo assim, se você é um investidor que precisa economizar dinheiro regularmente para fazer isso acontecer, é preciso lembrar que “cada trocado investido” faz uma grande diferença no futuro, viu? Por exemplo: 

Se você guardar R$ 1 por dia em um envelope durante 40 anos, ao final deste período você terá acumulado cerca de R$ 14.600.

Caso você guarde R$ 1 por dia, mas invista essa economia anualmente durante os mesmos 40 anos e a taxa de juros se mantenha em 8% ao ano, ao final deste período você terá acumulado cerca de R$ 94.555,63.

Ok … Para você, R$ 94.555,63 pode não ser um valor significativo considerando o período de 40 anos, certo? 

Então, vamos realizar um esforço maior e guardar R$ 10 por dia, investindo essa economia anualmente, durante os mesmos 40 anos, e mantendo a taxa de juros em 8% ao ano, ao final deste período você terá acumulado cerca de R$ 945.556,29. Melhorou, não? 

Agora, experimente guardar R$ 11 por dia e investir nas mesmas condições. Você baterá a cifra mágica dos R$ 1.000.000, mais precisamente R$1.040.111,92, correndo menos riscos do que nas estratégias enunciadas pelos youtubers de plantão.

Investir faz o dinheiro trabalhar exponencialmente

Muitos já ouviram a frase “tempo é dinheiro”, mas poucos se dão conta de que investir, faz o dinheiro trabalhar exponencialmente ao seu favor, isso graças ao efeito do valor composto.
Valor composto significa que os retornos obtidos em um período são reinvestidos para obter ganhos adicionais. Vamos verificar a ação do valor composto, resgatando o exemplo anterior:

  • Suponha que, ao invés de guardar R$b 1,00 por dia durante 40 anos, você decida economizar R$ 2,00 por dia, investindo essa economia anualmente durante 20 anos, e tendo a taxa de juros em 8% ao ano, ao final deste período, você teria acumulado cerca de R$ 33.406,23.

Veja que a perda de metade do tempo de investimento não foi compensada pelo dobro do investimento.

Uma última dica, determine quais são suas metas patrimoniais, por exemplo: a compra de um celular daqui a 6 meses, a compra de um carro daqui a 2 anos ou a compra da casa própria daqui a 5 anos. Por mais inacessível que pareça, a determinação de objetivos financeiros e prazos poderá ajudá-lo a fazer as melhores aplicações e criar foco.

Lembre-se: disciplina é o “menor caminho entre os seus sonhos e as realizações”. Bora atrás deles, então!

* Os exemplos apresentados são hipotéticos e não representam nenhum investimento real. Os cálculos consideram o ano com 365 dias, retorno de 8% ao ano e não consideram a incidência de taxas e impostos.

*Claudia Kodja, mentora da Liga dos Empreendedores da FGV, membro da Copenhagen Institute for Futures Studies e gestora executiva da Kodja Escola de Negócios.

As informações desta coluna são de inteira responsabilidade do autor e não do InvestNews e das instituições com as quais ele possui ligação. 

Veja também

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.