Siga nossas redes

SO$ Finanças

Qual o investimento mais rentável para quem é conservador?

Planejador financeiro dá 5 dicas para quem não suporta correr riscos; envie sua pergunta.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 7 minutos

dinheiro

Pergunta: Meu perfil de investidor é conservador, não quero correr risco ao investir o meu dinheiro. Qual a melhore estratégia para obter retornos neste caso?

Resposta de Wander Vicente*

Essa, possivelmente, é uma das maiores dúvidas das pessoas que estão pensando em dar os primeiros passos no mundo dos investimentos ou daquelas pessoas que já investem, mas não estão tão satisfeitas com os seus resultados atuais, principalmente em renda fixa, e gostariam de buscar um pouco mais de retorno para suas aplicações.

O mais interessante nessa pergunta é o antagonismo da solução procurada, pois rentabilidade alta e conservadorismo são duas coisas que não costumam andar de mãos dadas na maior parte do tempo. 

Isso não significa que você esteja errado ao buscar melhores opções de investimento, só significa que você precisa de ajuda profissional para explicar as suas opções de investimento, suas vantagens e desvantagens para que você tome uma decisão assertiva, levando em conta rentabilidade e outros fatores. Vou te ajudar você a refletir sobre isso.

Então, o que fazer se você busca mais retorno ao longo do tempo, mas tem um perfil conservador?

1º: Busque educação financeira e um profissional devidamente habilitado para te ajudar – uma razoável parcela do perfil muito conservador se deve a falta de educação financeira e entendimento do funcionamento do mercado. É natural do ser humano evitar aquilo que desconhece por medo e buscar aquilo que é amplamente conhecido como estratégia de investimento por se sentir seguro.

Não é à toa que a poupança é a principal estratégia de investimentos utilizada pelos brasileiros. É de conhecimento comum e o mercado de renda variável parece um “bicho de sete cabeças” (é um conhecimento ainda restrito). Lembre-se, se você quer resultados diferentes da maioria, você precisa fazer diferente do que a maioria faz e, para isso, a ajuda profissional certa é determinante.

No mundo dos investimentos costumamos dizer que informação é ouro e, quanto mais você investir no seu conhecimento, mais seguro e preparado estará para aproveitar as oportunidades de investimento que existem no mercado e que trarão maior rentabilidade para seus investimentos.

Ter alguém experiente e capaz ao seu lado, entendendo seu cenário atual, seu histórico de vida, que conheça seus objetivos com profundidade e que te ensine o funcionamento do mercado é um dos melhores investimentos que você pode fazer, ainda mais se você quiser evitar perdas consideráveis a qualquer custo.

2º: Diversificação estratégica é a alma do negócio – essa é uma regra fundamental de qualquer investidor que queira chegar longe, minimizando riscos. Ao longo do tempo, é natural que um tipo de investimento esteja melhor que o outro. Mas quem constrói uma carteira estrategicamente diversificada aproveita o melhor de cada momento e mitiga o risco dos seus investimentos ao não colocar “todos os ovos na mesma cesta”.

Uma empresa séria de investimentos, com interesses alinhados aos seus, irá te ajudar a construir isso com muita qualidade (normalmente empresas que atuam de forma fiduciária, onde a remuneração delas está diretamente conectada aos seus resultados, são boas escolhas por colocar o investidor como prioridade). Além disso, escolher a empresa certa vai te ajudar a ter um modelo de gestão ativa, onde as diversas possibilidades de mercado são exploradas continuamente, com o objetivo de entregar o melhor para o cliente com mitigação de riscos.

3º: O tempo é uma força poderosa no mundo dos investimentos – separe seus recursos em “caixas” de curto prazo, médio prazo e longo prazo. Isso vai te ajudar a olhar seus investimentos com outros olhos e, mesmo sendo conservador, entender que você pode explorar outros tipos de investimento além da tradicional renda fixa, desde que estejam alinhados com seu perfil investidor.

Recursos de curto prazo precisam explorar o melhor do seu lado conservador, pois devem garantir que você tenha liquidez para eventualidades ou para objetivos de curto prazo e, por isso, não devem focar tanto em rentabilidade, pois o objetivo desse recurso é segurança e disponibilidade.

Por outro lado, recursos de longo prazo normalmente associados a formação de patrimônio, aposentadoria ou liberdade financeira, entre outros, podem focar no seu objetivo de ter melhor rentabilidade, aceitando um pouco mais de volatilidade em troca disso (desde que seja constituído com suporte profissional sério). Não é deixar de ser conservador, mas é estrategicamente posicionar os seus recursos para cada momento e objetivo de vida.

Um planejador financeiro pode te ajudar a definir e mensurar seus objetivos de curto, médio e longo prazo para que você tenha mais clareza sobre todos os aspectos envolvidos nessa segregação de recursos – considere essa ajuda profissional como um investimento em você e no seu futuro!

4º: Tenha uma estratégia de aportes recorrentes – acredite, você pode chegar muito mais longe e ter melhores resultados se tiver uma estratégia estruturada de aportes recorrentes. Muitos investidores buscam números extraordinários e mal sabem o poder que têm nas próprias mãos.

Quando você domina suas finanças e tem recorrência de aportes, você “divide a responsabilidade” do seu crescimento patrimonial com o retorno dos seus investimentos. Investidores que atribuem 100% da responsabilidade do seu crescimento patrimonial ao retorno, tornam-se reféns do mercado e extremamente focados em rentabilidade.

5ª: O maior inimigo do seu investimento é o seu comportamento – Morgan Housel, em seu livro a Psicologia Financeira, diz que “o sucesso financeiro não é uma ciência difícil. É uma habilidade suave, em que a forma como você se comporta é mais importante do que o que você sabe” e não é à toa que isso é verdade! 

O maior risco para o investidor conservador é justamente o medo de perder, associado com um desejo profundo de ganhar mais, e tudo isso com baixo nível de educação financeira.

Fique muito atento aos seus comportamentos para evitar:

  • Paralisia: por medo de perder, o investidor conservador deixa de agir, deixa para depois e opta por não utilizar investimentos que, dentro do seu perfil, poderiam ajudá-lo consideravelmente nos seus objetivos de longo prazo;
  • Precipitação: por ganância de ganhar, o investidor conservador olha para suas aplicações e, aquilo que está com resultado ruim no curto prazo, é eliminado e modificado por um investimento da moda ou algum que esteja positivo, com frequência. Todos sabemos que a contínua “compra na alta e venda na baixa” não é um bom negócio no longo prazo. Na verdade, é a fórmula para perder muito dinheiro.

Estudar com atenção os 05 pontos citados acima irá te ajudar a tomar melhores decisões de investimento, considerando o seu perfil mais conservador, mas não substituirá o papel de um profissional habilitado ao seu lado. 

Fique atento a qualquer recomendação de investimento que receba de pessoas que não conhecem profundamente seu cenário e seus objetivos. A chance de algo dar errado é muito grande.

Atenção especial ao investidor conservador que busca mais rentabilidade

Cuidado com golpes como, por exemplo, as pirâmides financeiras estruturadas com uma fala que soa muito doce: retorno rápido, elevado e seguro. Ao ver promessas como essas, aja com atenção redobrada, pois a chance de um golpe é muito grande.

O golpe tem promessa de ganho elevado e rápido, mas a consequência é sempre um prejuízo elevado e duradouro.


*CFP® – Planejador Financeiro na Fiduc

As informações neste artigo são de inteira responsabilidade do autor e não do InvestNews e das instituições com as quais ele possui ligação. Envie sua pergunta para [email protected]

Veja também


Investir é mais fácil do que você imagina. Aqui tem o investimento ideal para o seu perfil. Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Super Week Temporada de balanços Super Week Temporada de balanços
ANÚNCIO PATROCINADO      Conheça a carteira recomenda de dividendos

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Carteira Top 10