Siga nossas redes

Economia

China: produção industrial e vendas no varejo sobem mais que o esperado

No país, a taxa de desemprego em áreas urbanas ficou em 5,5% em fevereiro, em linha com a meta oficial.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Bandeira da China

A produção industrial da China teve expansão interanual de 7,5% nos meses de janeiro e fevereiro, acima do aumento de 4,3% apurado em dezembro, informou o Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, pela sigla em inglês). O resultado também foi superior ao crescimento de 3,5% projetado pelos economistas consultados pelo The Wall Street Journal (WSJ).

Já as vendas no varejo aumentaram 6,7% no país, superando a expectativa do mercado, de 4,3%, e o crescimento visto no último mês de 2021, de 1,7%. No período, os investimentos em ativos fixos tiveram alta anual de 12,2%, acima dos 5% esperados pelos analistas do WSJ e do aumento de 4,9% em dezembro.

Os resultados mostram recuperação da economia chinesa em ritmo além do esperado nos dois primeiros meses do ano, apesar da base alta de comparação interanual. Os dados de janeiro e fevereiro são apresentados em conjunto para evitar distorções provocadas pelos diferentes horários dos feriados do Ano Novo Lunar, quando há suspensão das operações comerciais na China.

Por fim, ainda de acordo com o NBS, a taxa de desemprego em áreas urbanas ficou em 5,5% em fevereiro, em linha com a meta oficial, mas acima da taxa de 5,1% registrada em 2021.

Veja também

Compre Ações em apenas 3 cliques e aproveite taxa ZERO de corretagem! Invista já

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Carteira de Dividendos Julho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu