Siga nossas redes

Finanças

Inter fecha em alta de 9,54%; Petrobras, siderúrgicas e aéreas também avançam

O Inter informou que antecipou a data da divulgação de sua prévia operacional referente ao terceiro trimestre para 4 de outubro.

Publicado

em

Azul

Ibovespa, principal índice negociado na B3, encerou a sexta-feira (01) em alta, em meio à valorização das ações de Vale, Petrobras e siderúrgicas.

As ações da Suzano (SUZB3) lideraram as baixas do indicador, em queda de 3,76%.

Na outra ponta, as units do Banco Inter, que encabeçaram as desvalorizações dos últimos dois pregões, encerram com maiores altas do dia. No acumulado de setembro, os papéis do banco foram os que mais se desvalorizaram. Veja outros destaques do mês.

As aéreas também subiram repercutindo a notícia de que a farmacêutica Merck progrediu com um medicamento oral contra a covid-19.  A Azul (AZUL4) avançou 6,34%, enquanto a Gol (GOLL4) teve ganhos de 5,41%.

Fora do Ibovespa, a Biomm decolou em meio a um acordo para fornecimento de vacina contra a covid-19.

A TC (antigo Traders Club) também subiu forte após a aquisição da provedora de informações financeiras Economatica. Confira os destaques registrados no dia:

Banco Inter

As units do Banco Inter (BIDI4) lideraram as altas do pregão ao avançarem 9,54%, para R$ 51,10. A empresa informou na noite da véspera que antecipou a data da divulgação de sua prévia operacional referente ao terceiro trimestre para 4 de outubro, antes da abertura do mercado. O anúncio acontece em meio à forte queda das ações do banco nas últimas sessões. O banco nega informações da mídia de que estaria preparando uma provisão maior para perdas.

Petrobras

A Petrobras (PETR4) subiu 2,83%, negociada a R$ 28. A companhia informou que mantém seu posionamento de buscar a venda integral de sua participação na petroquímica Braskem, e que monitora o processo de alienação da fatia detida pela Novonor.

Siderúrgicas e Vale

A Usiminas (USIM5) subiu 4,65%, para R$ 16,87, CSN (CSNA3) avançou 1,71%, para R$ 29,22 e Gerdau (GGBR4) ganhou 2,21%, para R$ 27,70. A mineradora Vale (VALE3) ficou estável, com leve alta de 0,05%, para R$ 76,20.

Biomm

A Biomm (BIOM3) disparou 5,51%, para R$ 15,70. Na máxima do dia, porém, chegou a R$ 16,30, avanço de 9,54% em relação ao pregão da véspera. A companhia comunicou que celebrou junto à empresa CanSinoBIO um acordo exclusivo para o fornecimento da vacina Convidecia, contra a covid-19, no Brasil e prioritário para a comercialização de todo o portfólio de vacinas da CanSinoBIO em território nacional.

De acordo com a companhia, o acordo assinado compreende as atividades de comercialização, registro, qualidade, farma covigilância e logística interna para a distribuição da vacina Convidecia e visa contribuir no combate a pandemia ampliando a disponibilidade de imunizantes contra a covid-19 no país.

TC

A TC (TRAD3) teve alta de 7,50%, para R$ 6,88. A companhia anunciou a aquisição da provedora de informações financeiras Economatica por R$ 40 milhões. Esta é a terceira aquisição da TC após abrir capital na bolsa brasileira, em julho.

Veja também

  • As ações mais negociadas são as que rentabilizam melhor?
  • ‘Nova China’ está a caminho e nações devem aprender com ela, dizem economistas
  • Mais da metade dos IPOs em 2021 teve retorno negativo até setembro
  • Frigoríficos em alta, varejistas e techs em queda: o que aconteceu em setembro?
  • Lista traz bitcoin como melhor investimento em 2021 até agora e Ibovespa, o pior
  • Até onde vai a queda de Via Varejo, Americanas e Magalu?


Investimento seguro, com boa rentabilidade e liquidez. Bora investir em CDB hoje? Invista agora!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!