Siga nossas redes

Finanças

Magalu e Méliuz caem forte em meio a reviravolta na bolsa

Fora do Ibovespa, a Hidrovias Brasil que memorando com a Rumo, reverteu a forte alta para queda.

Publicado

em

MELIUZ

O principa indicador da B3, o Ibovespa, fechou em queda nesta quarta-feira (1º), com fortes perdas registradas por Magalu e Méliuz.

As ações da Braskem ficaram no topo das principais altas do indicador. Em meio a reviravolta dos papéis, a Vale também se manteve com valorização.

A Positivo, que passou a integrar a primeira prévia do Ibovespa para o próximo ano, e que anteriormente operava com valorização, passou a cair e fechou em queda.

Fora do indicador, a Hidrovias Brasil que memorando com a Rumo, reverteu a forte alta para queda.

A Ânima Educação, que disparou na véspera, caía em meio ao anúncio de aquisição do IBCMED.

Braskem

A Braskem (BRKM5) subiu 5,45%, para R$ 52,78, seguida da Suzano (SUZB3), que avançava 3,37%, para R$ 58,05.

Magalu e Méliuz

A Magazine Luiza (MGLU3) perdeu 11,79%, para R$ 6,88, seguida a Méliuz (CASH3) que registrou uma baixa de 11,37%, para R$ 2,65.

Vale e siderúrgicas

A Vale (VALE3) se manteve no positivo, em meio a recuperação nos preços do minério de ferro, enquanto entre as siderúrgicas a Usiminas (USIM5) passou a cair.

ATIVOVariação em %Cotação R$ 
USIM5-1,1813,43
CSNA3-0,7821,59
GGBR41,4326,17
VALE30,470,23

Positivo

A Positivo (POSI3), caiu 3,06%, a R$ 8,88, tendo como pano de fundo a inclusão do papel na primeira prévia da carteira teórica do Ibovespa válida para o período entre janeiro e abril do próximo ano.

As ações da seguradora Porto Seguro (PSSA3), que também vão integrar o indíce, registraram recuo de 2,52%,para R$ 21,70. A carteira nesta prévia inclui 93 ativos de 89 companhias.

Hidrovias

Fora do Ibovespa, a Hidrovias Brasil (HBSA3), que subia mais cedo, virou e fechou em queda de 3,32%, para R$ 2,62. A companhia firmou memorando de entendimento com a empresa de logística Rumo para estabelecer as principais diretrizes para a implantação de uma solução logística integrada, por meio da utilização do terminal portuário operado pela Hidrovias Brasil Santos, com transporte ferroviário operado pela Rumo.

A Hidrovias informou em comunicado que o objetivo é atender clientes de fertilizantes. Segundo a companhia, o memorando estabelece operação em volume anual de 500.000 toneladas de fertilizantes. A Rumo (RAIL3) teve queda de 0,34%, a R$ 17,51.

Ânima

Ânima (ANIM3) que disparou 26,63% no pregão da véspera, teve recuo de 7,59%, cotada a R$ 7,91. Após ter informado a venda de 25% na Inspirali, sua subsidiária voltada para a educação médica, para a gestora DNA Capital por R$ 1 bilhão, em novo comunicado divulgado ontem à noite, a empresa comunicou que a Inspirali assinou contrato para aquisição de 51% do IBCMED, plataforma digital para a formação de pós-graduação de profissionais de saúde, além de uma opção de aquisição da totalidade da participação na sociedade até o final de 2026.

O valor que será pago no fechamento da transação será de R$ 10 milhões. A quantia será paga em três parcelas anuais variáveis que começam a ser pagas a partir de 2023 e até 2025, conforme o atingimento de metas operacionaisacordadas, informou a Ânima.

A companhia informou ainda que a transação prevê um mecanismo de opção de compra e venda do restante da participação com percentuais variáveis ao longo do tempo, chegando a 100% de participação em 2026.

Veja também


Invista com rentabilidade altíssima alavancando seus ganhos! Invista em Índice!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!