Siga nossas redes

Geral

Ficou Sabendo? Prejuízo da Méliuz, ETFs ESG e Mercado Livre

Companhia amargou prejuízo de R$ 2,95 milhões no terceiro trimestre.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

MELIUZ

3 novos ETFs focados em ESG estreiam na B3

Para o investidor que gosta de ativos sustentáveis ou ESG (Environmental, Social and Governance), três novos ETFs, da XP, focados nesta estratégia iniciaram as suas negociações na B3 nesta terça-feira (16).

São o ESGE11, ESGD11 e o ESGU11, estes ETFs (fundo de índice) investem em empresas de setores diversos de países emergentes e desenvolvidos. Por meio deles, o investidor estará exposto a companhias com as melhores práticas ESG a nível global, segundo avaliação da MSCI, empresa de índices

O ESGE11, de mercados emergentes, tem como benchmark o MSCI Emerging Markets Extented ESG Focus Index, e conta com 344 ativos de países como Argentina, Brasil, Chile, China, África do Sul e Emirados Árabes.

Já o ESGD11, ETF de países desenvolvidos, segue o índice MSCI EAFE Extended ESG Focus Index, que reúne 456 ativos, de países da Europa, Ásia e Oceania.

Enquanto o ESGU11 tem como referência o MSCI USA Extended ESG Focus Index. O ETF reúne 330 ativos listados nas bolsas de valores dos Estados Unidos, incluindo grandes empresas globais de tecnologia.

Os três ETFs têm investimento inicial a partir de R$ 10 e taxa de administração de 0,30% ao ano. O prazo para resgate é de até dois dias úteis.

Méliuz tem prejuízo no 3º trimestre

A Méliuz (MELI34) teve prejuízo líquido de cerca de R$ 2,95 milhões no terceiro trimestre, revertendo lucro de R$ 4,73 milhões no mesmo período do ano anterior, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (16) pela companhia.

O Ebtida foi negativo em R$ 9,3 milhões, por conta, principalmente, de aumento nas despesas de linha pessoal, “o que está em linha com a nossa estratégia”, segundo a empresa.

A receita líquida total somou R$ 58,7 milhões, crescimento de 129% na mesma base de comparação, em meio a um resultado recorde de geração de GMV, de R$ 1,1 bilhão, sem considerar aquisições.

A empresa fechou o trimestre com um total de 20,8 milhões de contas abertas, um crescimento de 9,1 milhões em relação ao terceiro trimestre de 2020.

A companhia também divulgou pela primeira vez a métrica “take rate”, que foi de 6,2%, ante 5,6% em base anual.

Mercado Livre capta US$ 1,5 bilhão com follow on

O Mercado Livre, cujo BDR é negociado pelo ticker MELI34, captou ao menos US$ 1,5 bilhão em sua primeira oferta de ações em mais de dois anos.

O e-commerce vendeu um milhão de ações a US$ 1.550 cada papel. Segundo a varejista, os recursos levantados serão usados para “propósitos corporativos gerais”, sem especificar exatamente em qual setor.

Com a notícia, as ações de Magazine Luiza (MGLU3), Americanas (LAME4) e Via (VIIA3) registraram perdas.

*Com informações da Reuters

Veja também

Investir em Ações é ainda mais fácil com taxa de corretagem ZERO! Aproveite agora

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu