Siga nossas redes

Geral

Membros do MTST invadem bolsa de valores em São Paulo

Integrantes do movimento social ocuparam a sede da B3 em protesto contra a fome e desigualdade social.

MTST na B3/Reprodução/Twitter
MTST na B3/Reprodução/Twitter

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) invadiram na tarde desta quinta-feira (23) a sede da B3, a operadora da bolsa brasileira, no centro de São Paulo, em um ato de protesto contra a fome e em tom crítico ao governo federal. As manifestações eram pacíficas.

“Ocupamos a bolsa de valores de São Paulo, maior símbolo da especulação e da desigualdade social. Enquanto as empresas lucram, o povo passa fome e o trabalho é cada vez mais precário. Quem segura o Bolsonaro lá são os donos do mercado!”, escreveu o MTST em sua página no Twitter.

Antes de ingressar na sede da B3, os manifestantes marcharam pelo centro de São Paulo segurando réplicas de ossos de animais e cartazes em tom de protesto, como os dizeres “Sua ação financia nossa miséria” e “Brasil tem 42 mil novos bilionários enquanto 19 milhões passam fome”.

Por volta das 15h20, o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa brasileira, operava em alta de mais de 1%, enquanto o dólar recuava frente ao real.

Apesar da alta no dia, o Ibovespa acumula queda superior a 4% em 2021 até a tarde desta quinta-feira (23), operando na casa dos 114 mil pontos. O aumento do risco político e da inflação, além do temor global envolvendo a atividade da China, influenciaram a queda recente do índice. Acompanhe o Ibovespa hoje

Veja também

  • Do campo à B3: tudo o que você precisa saber sobre o título do MST na bolsa
  • Selic em 6,25%: quanto rendem as aplicações de renda fixa e onde investir agora
  • Preço médio de ações: como calcular?
  • Juros mais altos: como a Selic pode afetar seu dinheiro na bolsa?

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.

Últimas