Siga nossas redes

Economia

Caixa reduzirá juros do crédito imobiliário mesmo após Selic maior

Segundo presidente do banco, anúncio na quinta-feira (16) para contratos corrigidos pela TR e pela poupança.

Publicado

em

Caixa Econômica Federal
Brasília, DF, Brasil: Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal vai anunciar na quinta-feira (16) a redução dos juros para financiamento da casa própria a despeito do ciclo de alta na taxa básica de juros, a Selic, informou o presidente do banco público, Pedro Guimarães.

Mais: Alta da Selic pode elevar juros do crédito imobiliário para até 12% ao ano

Em evento no Palácio do Planalto para anúncio de um programa de subsídio para aquisição de habitação por profissionais de segurança pública, Guimarães afirmou nesta segunda-feira que a diminuição do custo do crédito imobiliário será possível porque a Caixa tem hoje lucro que nunca teve.

Segundo o presidente da Caixa, o anúncio sobre as taxas será tanto para os contratos corrigidos pela TR quanto pela poupança. “A Caixa hoje tem R$ 250 bilhões prontos pra emprestar e nós teremos nas próximas três semanas várias novidades”, afirmou Guimarães.

“A Caixa vai reduzir os juros. Não está aumentando a Selic? Então a Caixa Econômica Federal, com o lucro que nunca teve, sem roubar, vai diminuir os juros da casa própria, mas isso fica pra quinta-feira”, completou.

O Banco Central iniciou em março um ciclo de aperto nos juros básicos, elevando a Selic da mínima histórica de 2% para o patamar atual de 5,25% ao ano. Na próxima semana o Comitê de Política Monetária se reúne novamente, sendo que as sinalizações mais recentes do BC apontavam para novo aumento de 1 ponto percentual nos juros, tal qual promovido em agosto.

Juros do financiamento imobiliário hoje

A taxa média de juros para financiamento imobiliário mais recente divulgada pelo Banco Central, de 7,5% ao ano, é de junho. Já o último aumento da Selic, de 4,25% para 5,25% ao ano, ocorreu em agosto. Veja abaixo quanto estava a taxa de juros para o financiamento imobiliário em cada banco após esta última elevação da Selic:

BANCOCOMO ERACOMO FICOU
Bradesco (TR)a partir de 6,9 % ao ano + taxa referencial (TR)a partir de 7,3 % ao ano + TR
Bradesco (poupança)3,95% ao ano + remuneração da poupança2,99% ao ano + remuneração da poupança
Itaú (poupança)3,95% ao ano + remuneração da poupança3,45% ao ano + remuneração da poupança
Itaú (TR)a partir de 6,9% ao ano + TR a partir de 7,3% ao ano + TR 
Banco do Brasila partir de 6,29% ao ano + TRa partir de 6,55% ao ano + TR
Santandera partir de 6,99% ao ano + TRa partir de 7,99% ao ano + TR
Caixa (poupança) – De 3,35% a 3,99% ao ano + remuneração da poupança
Caixa (TR) – 7,00% ao ano + TR e 8% ao ano + TR
Caixa (taxa fixa) – entre 8,25% e 9,75% ao ano
Caixa (IPCA) – IPCA + 3,55% a IPCA + 4,95% ao ano

*Com Reuters e Karina Trevizan

Veja também

Invista seu dinheiro no investimento mais seguro do mercado a partir de R$ 36. Invista em Tesouro Direto!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!