Siga nossas redes

Finanças

Ibovespa cai pelo 3° dia e fecha no patamar de 113 mil pontos; dólar avança

Principal índice da B3 foi pressionado pelo declínio de preços de commodities no exterior.

Publicado

em

O Ibovespa, principal índice da B3, fechou em queda pelo terceiro dia seguido nesta quinta-feira (16), em meio ao declínio de preços de commodities como petróleo e minério de ferro no exterior. Os investidores seguiram atentos à questão dos precatórios e o clima político em Brasília, além do futuro da política monetária tanto do Brasil quanto dos Estados Unidos.

O Ibovespa caiu 1,10%, aos 113.794 pontos. Na mínima do dia, o indicador chegou a 113.394 pontos. O dólar subiu 0,55% frente ao real, comercializado a R$ 5,2650.

Os encontros do Banco Central do Brasil e do Federal Reserve acontecerão ambos nos dias 21 e 22 de setembro. Os investidores globais ficarão atentos a qualquer sinalização do Fed sobre o futuro de seu programa de compra de ativos, e, por aqui, o foco está no ritmo de elevação da taxa Selic.

Cenário interno

No Brasil, agentes financeiros veem a falta de avanço efetivo nas negociações relacionadas à questão dos precatórios como um componente que infla ainda mais as incertezas sobre a trajetória das contas públicas para o próximo ano, em meio a perspectivas de crescimento menor, juros e inflação em alta.

Em comentários a clientes, a Guide Investimentos também citou impasse em torno do financiamento dos precatórios enquanto o governo federal busca uma fonte de financiamento para o seu “Auxílio Brasil”, nova versão do programa Bolsa Família.

Destaques do Ibovespa

O Ibovespa foi pressionado pela desvalorização das ações mais negociadas na bolsa brasileira, como Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4). A Americanas também registrava queda elevada em meio ao anúncio de aquisição da plataforma Skoob Books.

A maior alta do dia foi da Cielo (CIEL3), que fechou com valorização de 5,44%, enquanto a CSN (CSNA3) ficou na lanterna do Ibovespa, com queda de 6,18%, prejudicada pelo tombo das commodities. Veja outros destaques da bolsa.

Bolsas mundiais

Wall Street

O índice S&P 500 terminou em leve baixa nesta quinta-feira, reduzindo as perdas no fim do pregão, depois que dados inesperadamente fortes de vendas no varejo ressaltaram a força da recuperação econômica dos EUA.

Os três principais índices passaram grande parte do dia em território negativo, com os rendimentos crescentes dos títulos do Tesouro dos EUA pressionando ações de tecnologia e o dólar em alta pesando sobre exportadoras.

Os papéis de tecnologia encabeçaram o rali do mercado desde o fundo do poço do ano passado. Veja dados preliminares de fechamento:

  • Dow Jones caiu 0,18%, para 34.752,17 pontos;
  • S&P 500 perdeu 0,15%, para 4.474,05 pontos
  • Nasdaq Composite teve alta de 0,13%, para 15.181,83 pontos

Europa

O mercado acionário europeu subiu nesta quinta-feira com as ações de viagem interrompendo quatro dias de perdas depois que a Ryanair elevou sua previsão de tráfego no longo prazo, compensando as preocupações com a desaceleração da economia da China que pressionaram as mineradoras.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,16%, a 7.027 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,23%, a 15.651 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,59%, a 6.622 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,78%, a 25.963 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,14%, a 8.733 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,20%, a 5.337 pontos.

Ásia e Pacífico

Os principais índices de ações da China caíram mais de 1% nesta quinta-feira, com os papéis de imobiliárias e bancos liderando as perdas em meio a receios de que os problemas financeiros da endividada incorporadora China Evergrande Group desencadeariam um amplo contágio.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,62%, a 30.323 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,46%, a 24.667 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,34%, a 3.607 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,22%, a 4.807 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,74%, a 3.130 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,43%, a 17.278 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,19%, a 3.064 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,58%, a 7.460 pontos.

Veja também

Investir é mais fácil do que você imagina. Aqui tem o investimento ideal para o seu perfil. Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

O InvestNews é um canal de conteúdo multiplataforma que oferece a cobertura diária de notícias e análises sobre economia, investimentos, finanças, mercado financeiro, educação financeira, projeções, política monetária e econômica. Tudo o que mexe com o seu dinheiro você encontra aqui, com uma linguagem simples e descomplicada sobre o mundo da economia e dos investimentos.