Siga nossas redes

Finanças

Ibovespa fecha em leve queda após forte recuo; dólar ultrapassa R$ 5,50

A economia da China cresceu 4,9% no terceiro trimestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado.

Publicado

em

O Ibovespa, principal índice brasileiro, operou próximo da estabilidade nesta segunda-feira (18), após forte queda nos primeiros negócios do dia, seguindo a tendência global negativa após a China anunciar crescimento econômico abaixo das expectativas. Já o dólar avançou, apesar de nova intervenção do Banco Central no mercado de câmbio nesta manhã com o objetivo de controlar a alta da moeda.

O Ibovespa recuou 0,19% aos 114.428 pontos próximo da máxima do dia de 114.927 pontos. Na mínima, o indicador atingiu 112.841 pontos. Já o dólar avançou 1,23%, negociado a R$ 5,51, após oscilar entre R$ 5,46 e R$ 5,54.

O Banco Central inseriu US$ 1,2 bilhão no mercado de câmbio após venda líquida de contratos de swap cambial tradicional, divididos entre um leilão extraordinário e um já previsto em calendário, em meio a esforços para suprir demanda por moeda estrangeira e amenizar distorções na taxa cambial.

Ainda assim, o dólar à vista mostrava forte alta. O retorno do BC na semana passada com intervenções mais pesadas ocorreu num dia em que o real estava visivelmente descolado de seus pares, que operavam em alta na ocasião. Nesta segunda, as moedas emergentes recuavam, mas o real caía mais.

Destaques

As ações da Lojas Americanas (LAME4) subiram forte, após a companhia anunciar que avalia fundir suas operações com a Americanas (AMER3). As ações da Getnet  (GETT4 GETT3 e GETT11) , que estrearam nesta segunda na B3, terminaram o dia com forte avanço. Veja outros destaques.

Bolsas Mundiais

Wall Street

O S&P e o Nasdaq fecharam em alta nesta segunda-feira alavancados pela valorização de ações de empresas de tecnologia e comunicações enquanto os investidores observavam notícias sobre produtos da Apple Inc e pareciam otimistas com a temporada de balanços do terceiro trimestre.

O índice Dow Jones caiu 0,1%, para 35.258,61 pontos, enquanto o S&P 500 teve alta de 0,34%, a 4.486,46 pontos. O Nasdaq saltou 0,84%, a 15.021,81 pontos.

Europa

As ações europeias fecharam em queda nesta segunda-feira, após dados de crescimento mais fraco que o esperado da China golpearem papéis de empresas do setor de luxo, enquanto um aumento implacável nos preços das commodities alimentou temores sobre uma espiral de inflação.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,42%, a 7.203,83 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,72%, a 15.474,47 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,81%, a 6.673,10 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,83%, a 26.268,62 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,68%, a 8.936,00 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,70%, a 5.619,21 pontos.

Ásia e Pacífico

A maioria das ações asiáticas recuou na sessão desta segunda-feira, depois de dados mostrarem crescimento mais lento do que o esperado na economia chinesa no último trimestre, enquanto a alta dos preços do petróleo alimentava preocupações com a inflação.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei caiu 0,15%, a 29.025,46 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,31%, a 25.409,75 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,12%, a 3.568,14 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,16%, a 4.874,78 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,28%, a 3.006,68 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,45%, a 16.705,46 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES ficou estável, a 3.173,82 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,26%, a 7.381,10 pontos.

( * Com informações da Reuters)

Veja também

Faça seu dinheiro começar a render mais hoje! Vem pro Nu invest!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!