Siga nossas redes

Finanças

Primeiro ETF de bitcoin da bolsa passa a ser negociado nesta quarta-feira

QBTC11 está acessível a partir e R$ 100 e possui taxa de administração de 0,75% ao ano.

Publicado

em

Bitcoin

A partir desta quarta-feira (23), investidores podem aplicar seu dinheiro exclusivamente em bitcoin por meio da bolsa brasileira. O QR CME Bitcoin (QBTC11) – primeiro ETF da América Latina 100% focado na maior criptomoeda do mundo – captou recursos na semana passada.

Gerido pela QR Asset Management, gestora do grupo GR Capital, o fundo de índice tem como base o “CME CF Bitcoin Reference Rate“, índice dos contratos futuros de bitcoin da principal bolsa de derivativos do mundo, a Chicago Mercantile Exchange (CME).

QBTC11 está disponível para investidores pessoas físicas não qualificados (aqueles com menos de R$ 1 milhão investidos) a partir de R$ 100 e com taxa de administração de 0,75% ao ano.

A oferta do fundo é coordenada pela Easynvest by Nubank, em conjunto com BTG Pactual, Órama, Vitreo, Modal Mais e Inter. A Vórtx é administradora da emissão.

Em abril, a B3 lançou o HASH11, primeiro ETF de criptomoedas do país, oferecido pela gestora Hashdex. A diferença é que, enquanto o QBTC11 investe apenas em bitcoin, o HASH11 tem na carteira uma cesta com vários criptoativos além deste, como ether, litecoin e stelar lumens.

Leia mais:

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Invista com rentabilidade altíssima alavancando seus ganhos! Invista em Índice!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!