Siga nossas redes

Análise de Investimentos

Aqui você encontra todos os conteúdos do mercado financeiro voltados a research, Morning Call, carteiras recomendadas de ações, BDRs e FIIs, análise de fundos, análise de ações, além de fechamento de mercados comentado pelos analistas do Nu invest

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

Carteiras Recomendadas

Qual a importância da análise de investimento?

Para investir, é importante fazer análises de ativos para verificar se as alocações de capital valerão a pena, ou não, conforme a sua estratégia e objetivo de investimentos. É necessário levar em consideração o risco, o retorno bem como os prazos, para constatar se o investimento estará adequado para as metas traçadas. Assim, esta análise é essencial e requer cuidado e foco, pois determinado investimento pode ser ideal para uma pessoa, mas não para outra.


Como fazer análise de ações?

Para analisar uma ação é importante, antes de tudo, conhecer o mercado, a empresa, o setor e o cenário mais macroeconômico que pode impactar determinada companhia, além do investidor saber a sua viabilidade financeira. A partir daí são dois os principais tipos de análises que podem ser feitos para investir no mercado de ações: a análise gráfica de ações e a fundamentalista. A análise gráfica é utilizada para encontrar tendências de oportunidades de compra e venda de ações no curto prazo, por meio da evolução dos gráficos de preço do ativo ao longo do tempo. Os gráficos sinalizam possíveis alterações de comportamento de um determinado ativo, ou seja, mostra se a ação mantém um comportamento consistente, ou não, de alta por um período. Apesar de ser uma fonte de análise de desempenho de uma ação, é válido lembrar que não é algo tão simples de se fazer e acompanhar, pois, exige muito conhecimento do mercado para a tomada de decisão.


Análise Fundamentalista

Já no caso da análise fundamentalista, o foco dela é o longo prazo, acompanhando o cenário econômico de forma mais macro, bem como o mercado, como está a direção da empresa, a saúde financeira dela, a tendência da sociedade em relação a consumo, análise setorial, como se comportam os balanços das companhias etc. Ou seja, trata-se de um conjunto de análises para poder se chegar a uma projeção de resultados e possíveis preços justos das ações de determinadas empresas. Por meio desta análise, o investidor consegue criar um racional da empresa, e do cenário macro na qual ela está inserida, para poder fazer seus investimentos de forma mais clara e assertiva. Esta análise é recomenda para quem quer correr menos risco e deixar o tempo trabalhar pela valorização dos papéis. Ela ajudará os investidores na escolha de empresas que possuem boas perspectivas e sejam sólidas, resilientes e saudáveis, fundamentais para a estratégia de longo prazo.


Carteiras recomendadas

As carteiras recomendas são conjuntos de ações indicados por especialistas autorizados para fazer estas recomendações. O objetivo das carteiras recomendadas é indicar quais investimentos podem apresentar um melhor desempenho em determinado cenário ou prazo. As recomendações podem servir de orientação para investidores que têm dúvidas de quais ativos comprar, quando vender ou adquirir.