Siga nossas redes

Finanças

Méliuz lidera altas do Ibovespa; Locaweb encerra com a maior queda

Vale e siderúrgicas também tiveram pregão positivo contribuindo para o avanço do Ibovespa.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 5 minutos

MELIUZ

As ações da empresa de cashback Méliuz terminaram a segunda-feira (16) entre as maiores alta do principal indicador da B3, o Ibovespa.

Os papéis da Eneva, empresa que atua com a exploração e produção do gás natural, também encerraram a sessão em alta depois que a companhia anunciou que obteve certificação de suas reservas na Bacia do Amazonas.

Na outra ponta do indicador, a empresa de hospedagem de sites Locaweb e o frigorífico Minerva ficaram com os piores desempenhos do índice, enquanto Marfrig e BRF inverteram viés de queda e subiram.

Os papéis da mineradora Vale e das siderúrgicas fecharam com valorização.

Após divulgação do balanço trimestral, a empresa de energia Raízen subiu forte, embora a controladora Cosan tenha encerrado o pregão em queda.

A construtora Cyrela e a empresa mineira de energia Cemig também tiveram ganhos.

A aérea Gol também teve sessão positiva depois de anunciar a troca de presidente. Confira os destaques registrados no dia:

Méliuz

A Méliuz (CASH3) subiu 6,25%, para R$ 2,04, no topo das altas do Ibovespa, em meio à queda na curva de juros. Leandro Petrokas, Diretor de Research e sócio da Quantzed, empresa de tecnologia e educação para investidores, explica que a curva de juros respondeu bem às declarações do Bruno Serra em evento hoje no Goldman Sach. O diretor do Banco Central afirmou que, para evitar mais volatilidade, a preferência do BC é manter as taxas de juros mais altas por mais tempo do que promover altas adicionais.

Raízen

Raízen (RAIZ4) avançou 6%, para R$ 5,48. A companhia informou uma queda de 48% do lucro em seu quarto trimestre fiscal, para R$ 209,7 milhões no período, bem abaixo da estimativa de analistas compilada pela Refinitiv de R$ 708,2 milhões.

Já a receita operacional líquida cresceu 50,1% na comparação anual, para R$ 53,5 bilhões, acima da expectativa de R$ 46,9 bilhões.

Eneva

A Eneva (ENEV3) subiu 5,15%, para R$ 14,30. A companhia informou que a consultoria independente Gaffney, Cline & Associates (GCA) certificou suas reservas e recursos contingentes de gás natural, condensado e óleo, do Campo de Azulão e da Descoberta de Anebá, localizados na Bacia do Amazonas.

Vale

A Vale e as siderúrgicas também tiveram pregão positivo contribuindo para o avanço do Ibovespa, assim como as ações da Petrobras em meio à alta nos preços dos contratos futuros de petróleo e do minério de ferro. “Lembrando que são setores que apanharam bastante com o lockdown na China. Essa alta é influenciada pelo anúncio da reabertura gradual no país”, avaliou Leandro Petrokas.

Confira o desempenho dos papéis:

Ticker Cotação em R$ Variação em %
VALE3 80,142,99
PETR3 37,662,81
GGBR3 22,442,70
PETR4 34,610,99
GGBR4 28,201,44
USIM3 10,293,83
RRRP3 43,031,80
USIM5 10,933,80
PRIO3 27,06-0,11
CSNA3 18,402,68

Cyrela

Cyrela (CYRE3) avançou 3,47%, a R$ 14,92, depois de registrar lucro líquido de R$ 161,7 milhões no primeiro trimestre de 2022, queda de 16% em relação ao mesmo período do ano passado.

A receita líquida da construtora chegou a R$ 1,231 bilhão entre janeiro e março, representando um crescimento anual de 22,7%.

Gol

Depois de anunciar que Paulo Kakinoff, no comando da companhia aérea há cerca de uma década, será substituído por Celso Ferrer no cargo de diretor-presidente a partir de 1º de julho, a Gol (GOLL4) avançou 0,69%, a R$ 14,61. Paulo Kakinoff assumirá uma cadeira no conselho de administração da empresa.

Cemig

As ações preferenciais da Cemig (CMIG4) subiram 1,23%, para R$ 13,97. A empresa teve lucro líquido de R$ 1,46 bilhão no primeiro trimestre deste ano, alta de 245% se comparado ao registrado em igual período de 2021.

Em teleconferência para comentar os resultados do trimestre, o diretor financeiro da Cemig, Leonardo Magalhães, disse que a alienação da participação do grupo na Renova Energia, concluída neste mês, terá um efeito total de R$ 372 milhões obre o resultado da Cemig no segundo trimestre.

Locaweb

A Locaweb (LWSA3) terminou o dia em baixa de 3,11%, para R$ 5,29, liderando as maiores quedas do Ibovespa.

Frigoríficos

As ações da Marfrig (MRFG3) reverteram o viés de queda e encerram em leve alta de 0,38%, a R$ 15,67, enquanto as da BRF (BRFS3) subiram 0,36%, a R$ 13,93. Já a Minerva recuou 2,04%, a R$ 11,99. “Do ponto de vista negativo, vale destacar que Minerva e Marfrig vêm sofrendo bastante após divulgação dos resultados. Marfrig caiu 33% e Minerva caiu forte também. Mercado está se desfazendo de posições das empresas”, disse Leandro Petrokas.

Cosan

A Cosan (CSAN3) cedeu 1,05%, para R$ 18,84. A empresa reportou lucro líquido de R$ 510,2 milhões no primeiro trimestre, uma queda de 38,4% ante o mesmo período do ano anterior, em função do aumento nas despesas financeiras em todos os negócios do grupo, seguindo a alta da taxa de juros.

O lucro ajustado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 4,8% no trimestre, para R$ 2,7 bilhões.

Segundo a companhia, o melhor desempenho operacional da Rumo, impulsionado pela expansão dos volumes transportados, e da Compass, sustentado pela contínua evolução da Comgás e pelo início da consolidação da Sulgás, compensaram a menor concentração de vendas de renováveis e açúcar no trimestre que encerrou a safra 2021/22 para a Raízen.

*Com agências

Veja também

Home Broker do Nu invest: mais rapidez e recursos para você, com taxa ZERO de corretagem em Ações! Aproveite já

Anúncio Patrocinado Probabilidades Samy Dana Probabilidades Samy Dana
ANÚNCIO PATROCINADO      Novidade Carteita TOP FII Junho

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Anúncio Patrocinado Cripto no App Nu