Siga nossas redes

Geral

Calendário PIS Pasep 2023: veja as datas de pagamento regras e prazo

Prazo para resgatar o dinheiro termina em 28 de dezembro; confira o cronograma.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 7 minutos

O calendário do abono salarial do PIS Pasep 2021 (para quem trabalhou com carteira assinada neste ano) começou a ser pago entre fevereiro e julho de 2023 para o Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). O prazo para receber o dinheiro vai até 28 de dezembro (veja as datas abaixo).

PIS Pasep abono salarial
Crédito: Wikimedia Commons

O abono salarial de 2023 foi pago a 23,6 milhões de trabalhadores no Brasil. Desse total, 21,4 milhões pertencem à iniciativa privada e receberão o PIS . Outros 2,2 milhões são servidores públicos, empregados de estatais e militares têm direito ao Pasep.

Como ocorre tradicionalmente, os pagamentos serão divididos em seis lotes, baseados no mês de nascimento, no caso do PIS, e no número final de inscrição, no caso do Pasep. O dinheiro será depositado nas datas de liberação dos lotes e poderão ser sacados até 28 de dezembro de 2023. Após esse prazo, será necessário aguardar convocação especial do Ministério do Trabalho e Previdência.

Quando será pago o abono salarial do ano-base 2022?

As datas do calendário de pagamentos do PIS/PASEP referente ao ano-base 2022 ainda não foram definidas devido a um atraso no cronograma. Os efeitos da pandemia de covid-19 aumentaram a distância entre o ano-base e as datas de pagamento para dois anos.

Quem tem direito ao PIS Pasep 2023

Tem direito a receber o benefício o trabalhador inscrito no PIS/Pasep há no mínimo cinco anos, e que tenha trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias no ano-base considerado para a apuração, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Qual o valor do abono salarial 2023?

O valor do abono é proporcional ao período em que o empregado trabalhou com carteira assinada em 2021. Cada mês trabalhado equivale a um benefício de R$ 108,50, com períodos iguais ou superiores a 15 dias contados como mês cheio. Quem trabalhou 12 meses com carteira assinada receberá o salário mínimo cheio, que será de R$ 1.302 no próximo ano, segundo medida provisória.

Quando será pago o Pis em 2023?

Calendário de saque do PIS, pago pela Caixa

Para trabalhadores de empresas privadas

Nascidos emRecebem a partir deRecebem até
Janeiro e fevereiro15/2/2023 (pago)28/12/2023
Março e abril15/3/2023 (pago)28/12/2023
Maio e junho17/4/2023 (pago)28/12/2023
Julho e agosto15/5/2023 (pago)28/12/2023
Setembro e outubro15/6/2023 (pago)28/12/2023
Novembro e dezembro17/7/2023 (pago)28/12/2023

Quando será pago o Pasep em 2023?

Calendário de saque do Pasep, pago pela Caixa

Para quem trabalhou em empresas públicas

Final da inscriçãoRecebem a partir deRecebem até
015/2/2023 (pago)28/12/2023
115/3/2023 (pago)28/12/2023
2 e 317/4/2023 (pago)28/12/2023
4 e 515/5/2023 (pago)28/12/2023
6 e 715/6/2023 (pago)28/12/2023
8 e 917/7/2023 (pago)28/12/2023
Fonte: Codefat

Pagamento do PIS Pasep 2023 (ano-base 2021)

Trabalhadores da iniciativa privada com conta corrente ou poupança na Caixa receberão o crédito automaticamente no banco, de acordo com o mês de seu nascimento.

Os demais beneficiários receberão os valores por meio da poupança social digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo do Caixa Tem.

Caso não seja possível a abertura da conta digital, o saque poderá ser realizado com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, Caixa Aqui ou agências, também de acordo com o calendário de pagamento escalonado por mês de nascimento.

O pagamento do abono do Pasep ocorre via crédito em conta para quem é correntista ou tem poupança no Banco do Brasil. O trabalhador que não é correntista do BB pode efetuar a transferência via TED para conta de sua titularidade via terminais de autoatendimento e portal www.bb.com.br/pasep ou no guichê de caixa das agências, mediante apresentação de documento oficial de identidade.

Como consultar o Caixa Tem

Pelo aplicativo do Caixa Tem, além de receber benefícios como o PIS Pasep (abono salarial), é possível pagar boletos e contas, como água e telefone; fazer compras pela internet e pelas maquininhas em estabelecimentos comerciais, com o cartão de débito virtual e QR Code; transferir recursos para outras contas; e sacar valores em espécie nas casas lotéricas, sem o uso de cartão.

A Caixa ainda disponibiliza aos beneficiários do programa o aplicativo próprio do Auxílio Brasil, onde também é possível consultar o benefício e as parcelas, o calendário de pagamento e informações sobre o programa. Segundo Guimarães, para quem possui o aplicativo do Bolsa Família, ele será atualizado automaticamente para o do Auxílio Brasil.

Como consultar o número do PIS pelo CPF

Para ter acesso ao abono salarial, seguro-desemprego ou o saldo de sua conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), é preciso saber qual é seu Número de Identificação Social (NIS), também conhecido como PIS/PASEP ou NIT.

Nem sempre o trabalhador sabe como consultar o número do PIS com facilidade. A confusão vem do fato de que este número é gerado a partir de duas bases de dados distintas e, por este motivo, recebem nomes diferentes.

A diferença é que, enquanto o número do PIS é gerado no primeiro emprego da pessoa, o NIS é criado por meio do Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis), base que reúne os dados de quem recebe benefícios sociais.

O que é o Número PIS?

O PIS é uma sigla que significa Programa de Integração Social. O objetivo desse programa é integrar o trabalhador específicos do setor privado com o desenvolvimento da empresa.

Dessa forma, o Número do PIS é único para cada indivíduo e gerado no momento em que o trabalhador é admitido em uma empresa do setor privado e registrado na carteira.

Onde vejo meu número do PIS/NIS?

É possível descobrir qual é seu número do PIS ou consultar o NIS de variadas formas. Ele é encontrado nos extratos do FGTS enviados pela Caixa Econômica Federal, no Cartão Cidadão ou na carteira de trabalho (CLT).

Se você não obtiver sucesso em descobrir seu NIS (PIS) por nenhum destes meios convencionais, saiba que você também pode conferir pelo CPF, usando o site Meu INSS, ferramenta que reúne vários serviços.

Quem não sacou o abono salarial 2020 pode sacar agora?

O Ministério do Trabalho e Previdência informou que 407.222 mil trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial de 2020. Desse total, 123.409 correspondem ao PIS; e 283.813, ao Pasep.

Permanecem esquecidos R$ 364,9 milhões em benefícios não sacados. O dinheiro pode ser retirado até 29 de dezembro. Neste ano, os depósitos foram feitos entre 8 de fevereiro e 31 de março.

Até 2020, o abono salarial do ano anterior era pago de julho do ano corrente a junho do ano seguinte. No início de 2021, o Codefat atendeu a recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU) e passou a depositar o dinheiro somente dois anos após o trabalho com carteira assinada.

*Com Agência Brasil

Veja também:

ANÚNCIO PATROCINADO Confira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.