Siga nossas redes

Tudo Sobre

Saiba como operar minicontratos na bolsa

Publicado

em

Já está no ar a segunda parte do nosso bate-papo sobre o assunto. No vídeo anterior, Dony de Nuccio conversa com a Paula Reis, do canal do YouTube Mulher Trader, para explicar tudo sobre minicontratos na B3, mostrando as vantagens desse tipo de aplicação e como investir na prática. 

Nessa modalidade de investimento, você pode operar na Bolsa acreditando na alta ou baixa de produtos como índices, moedas ou juros. 

CAFEÍNA: Você sabe o que é mini dólar? Samy e Dony explicam

Dê o play e saiba mais sobre os códigos dos minicontratos, margem de garantia, taxas e como negociar esse ativo na Bolsa. E se você perdeu a Parte 1 da conversa, é só clicar aqui para assistir.

O que são minicontratos?

Minicontratos funcionam como acordos de compra e venda de produtos negociados em Bolsa. Em outras palavras, esses ativos serão vendidos no futuro. Portanto, trata-se de um negócio do Mercado Futuro.

Os minicontratos são uma versão reduzida dos contratos futuros cheios. Eles permitem negociações avulsas e aportes menores, equivalentes a 20% dos contratos cheios. Foram criados em 2011 pela B3 para facilitar o acesso de pessoas físicas e novas investidoras ao Mercado Futuro.

Como os minicontratos funcionam?

Esses acordos podem ser sobre o preço futuro de moedas, juros, índices e commodities. Na prática, significa que você negocia ativos, como soja ou dólar, por exemplo, por um preço pré-definido no momento da negociação. Com isso, os produtores podem vender sua produção antes mesmo da colheita. 

Neste caso, o que o investidor recebe é a variação entre esse preço pré-definido e o preço do ativo na data de vencimento do contrato ou o preço do ativo no momento em que você sair da operação.

Ou seja, o investidor pode lucrar tanto na alta dos preços, fazendo a compra desse contrato futuro, como também na baixa dos preços, fazendo a venda do contrato.

Tipos disponíveis no mercado

Os principais tipos de minicontratos disponíveis no mercado hoje são o Mini Índice e o Mini Dólar. No índice, os R$ 375 mil necessários para operar um contrato cheio caem para cerca de R$ 14 mil no mini-contrato. Já no Mini Dólar, o valor de um contrato é de US$ 10 mil. Para ambos, o lote mínimo é de apenas um contrato.

Invista com rentabilidade altíssima alavancando seus ganhos! Invista em Índice!

Anúncio Patrocinado Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem! Invista em Ações com TAXA ZERO de corretagem!

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.